Entenda a importância dos eventos para a imagem de uma marca

imagem da marca
6 minutos para ler

Já dizia Vinicius de Moraes que “a vida é a arte do encontro”, e se há algo que faz dos eventos experiências tão marcantes — além do seu incomparável papel na valorização da imagem da marca — é a oportunidade de aproximar pessoas com ideias, objetivos e sonhos semelhantes.

Feiras, workshops, apresentações e demais eventos corporativos do Brasil estão ganhando cada dia mais notoriedade e importância nas estratégias de marketing devido ao impacto e à repercussão que essas ações são capazes de gerar.

RD Summit e ID360 são exemplos de iniciativas que começaram modestas e hoje se consagram como referências internacionais, com uma estrutura de fazer inveja a muitos eventos promovidos fora do país.

Sendo assim, não poderíamos deixar de falar sobre esse tema tão importante para as empresas dos mais variados segmentos. Continue a leitura deste post e descubra o que os eventos podem fazer pela imagem da marca do seu negócio!

Trabalha o marketing de experiência

O que a Disney, o Outback e a Starbucks têm em comum? Essas empresas — assim como muitas outras que perceberam a importância de enxergar os seus consumidores como seres humanos, e não números — trabalharam arduamente a experiência do cliente com as suas marcas.

Em poucas palavras, podemos definir o marketing de experiência como a prática que visa utilizar a emoção no intuito de atrair e manter clientes. Ou seja, a imagem da marca precisa ser pensada de tal maneira que seja capaz de gerar uma experiência única e memorável para as pessoas.

Essa prática estimula a fidelização, cria identificação e também aumenta o número de feedbacks — informações essenciais para analisar o desempenho de qualquer estratégia.

Nesse sentido, os eventos surgem como uma oportunidade inestimável de criar experiências memoráveis com o público de uma empresa, aumentando o impacto, a autoridade e a valorização de uma marca.

O primeiro passo, entretanto, é o estudo do cliente — que consiste em analisar o seu comportamento dentro do estabelecimento, bem como suas preferências de produto, seus conteúdos preferidos no site, entre outros.

Só então é possível elaborar formas de aprimorar essa experiência, excluindo os pontos negativos (que motivam mais queixas) e valorizando os positivos (que favorecem o bom relacionamento com a empresa).

então é possível elaborar formas de aprimorar essa experiência, excluindo os pontos negativos (que motivam mais queixas) e valorizando os positivos (que favorecem o bom relacionamento com a empresa).

Contribui para o endomarketing

O endomarketing engloba todas as ações de marketing voltadas para o público interno das empresas, sobretudo os funcionários. A qualidade da gestão, da produção e do atendimento de qualquer empreendimento depende dos esforços dos colaboradores.

Quando essas pessoas são valorizadas e motivadas, benefícios podem ser percebidos até nas campanhas externas promovidas pela organização.

Esse conceito é comentado por Philip Kotler, um dos principais teóricos da administração dos últimos tempos, que defende que o “o marketing deve ser pensado de dentro para fora” — e os eventos corporativos são umas das mais poderosas ações de endomarketing que uma empresa pode oferecer.

A integração e a socialização entre clientes, prospects, equipes e superiores favorecem a comunicação interna e externa, além de valorizar a imagem da marca perante seus colaboradores — o que, naturalmente, se reflete em mais comprometimento de cada um deles pelo crescimento da organização.

Não apenas o engajamento dos funcionários é promovido, como outras vantagens significativas podem ser obtidas por meio do endomarketing — como aumento da produtividade, menos rotatividade e atração de novos talentos.

Fortalece o relacionamento com os clientes

Fechar a compra é fundamental, mas é preciso investir em outras inciativas para que a imagem da marca permaneça viva na mente do cliente — mesmo após o contato com o produto ou serviço comercializado.

Um dos princípios que mais estimulam as empresas a investirem na fidelização pode ser entendido a partir de outra citação de Kotler: “um novo cliente pode custar entre 5 a 7 vezes mais do que manter um atual”. Entretanto, muito além dos seus claros benefícios econômicos, a fidelização também contribui para o fortalecimento de uma marca.

A confiança expressada por vários clientes a respeito de um produto ou de uma empresa específica desperta a curiosidade entre aqueles consumidores que ainda não fizeram contato com ela.

Ou seja, a fidelização não só é mais vantajosa financeiramente como também ajuda a atrair novos clientes de maneira espontânea — um fenômeno trabalhado no marketing como Prova Social.

Os eventos, por sua vez, também podem ser trabalhados como uma ferramenta de fidelização, pois promovem um relacionamento com a empresa que vai muito além do contato com o produto.

O consumidor moderno gosta de se envolver com suas empresas preferidas, conhecendo as ideias e os valores que instigam seus profissionais e clientes. Por isso, produzir apresentações, lançamentos, palestras e feiras que promovam esse contato pode ser um fator-chave para a imagem da marca de uma organização.

Promove o networking

Não há maneira melhor de potencializar as oportunidades de um indivíduo do que pela troca de conhecimentos e experiências. Esse provavelmente é o grande propósito dos eventos corporativos, e um dos principais motivos que os fazem atrair tantas pessoas.

Essa busca por novas parcerias e compartilhamento de ideias é tão forte que a interação entre os participantes costuma começar muito antes do evento.

As redes sociais são um espaço convidativo para se informar sobre as atrações promovidas, mas também são muito úteis para dar uma espiadinha no perfil das pessoas que confirmaram presença, tirar dúvidas e formar grupos de antemão.

Até mesmo o layout dos espaços geralmente é trabalhado visando mais mobilidade e acesso para os participantes, facilitando a circulação e o encontro das pessoas.

Atividades interativas também são muito comuns, além de facilitadores — coffee breaks, coquetéis, festas e até aplicativos que permitem o contato direto entre os convidados.

Tudo isso favorece os participantes e cria uma forte sintonia com a companhia que realiza as atrações, uma vez que todos os envolvidos passam a atrelar essa rica experiência a ela.

Podemos concluir, portanto, que os eventos representam uma grande oportunidade para trabalhar a imagem da marca de qualquer empresa, e por isso esse tipo de iniciativa tem sido cada vez mais procurado nos últimos anos.

O consumidor moderno deseja aprender coisas novas, conhecer pessoas e fazer parte do universo das suas organizações favoritas. Os eventos são capazes de entregar tudo isso em uma experiência única e inesquecível.

Este artigo foi útil para você? Saiba que temos muitos outros conteúdos como este! Assine a newsletter e não perca nenhuma novidade do blog!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-