Inteligência Artificial em eventos: entenda as vantagens desta tendência

inteligência artificial em eventos
7 minutos para ler

Há alguns anos, um simples comentário sobre Inteligência Artificial em eventos ou campanhas publicitárias soaria como algo muito futurista, ousado demais, sequer imaginável.

Hoje, porém, cá estamos nós, testemunhando esses incríveis avanços e, muito mais do que isso, aplicando-os em nossos projetos com uma naturalidade outrora inconcebível.

Os bots já são vistos com frequência em sites e portais de suporte, tornando o atendimento ao cliente mais ágil e personalizado.

Softwares sofisticados analisam o comportamento de usuários na internet para entregar conteúdos e ofertas cada vez mais alinhadas aos seus interesses. E não se esqueça dos aplicativos de rotas como Google Maps e Waze.

Agora, imagine ser capaz de informar a um grupo específico de pessoas em sua região sobre palestras e cursos interessantes que a sua empresa realizará?

Facilitar o encontro de profissionais da mesma área dentro de um evento ou obter dados detalhados sobre a satisfação e o engajamento do público para tornar os futuros projetos ainda mais memoráveis?

Esses exemplos são apenas uma amostra de como a Inteligência Artificial aplicada em eventos pode beneficiar a sua empresa. Continue a leitura e confira todas as possibilidades dessa tecnologia e entenda porque ela também promete revolucionar esse setor!

O que é Inteligência Artificial?

No passado, o assunto não passava de especulação em documentários, filmes e best-sellers. Hoje é uma realidade que anda assustando muita gente, embora, longe da ficção científica, ela não seja tão amedrontadora assim.

Quando falamos em Inteligência Artificial, ou AI (Artificial Intelligence), tratamos da capacidade de um equipamento ou algorítimo aprender coisas novas e tomar decisões baseadas nesse aprendizado, tal como um ser humano.

Ao conversar com um robô em um chat, por exemplo, suas perguntas e respostas são incorporadas a um grande banco de dados que define o seu perfil de comportamento, mas também estabelece comparações com outros perfis semelhantes.

Tudo isso é utilizado para que o bot entregue a melhor resposta disponível e, à medida que novos dados são inseridos, melhores são as respostas.

Sendo assim, a Inteligência Artificial em eventos, em serviços ou na automação de indústrias consiste na coleta e análise de informações de maneira rápida, na maioria das vezes transformando um enorme volume de dados em resultados e métricas facilmente legíveis que podem ser usados por profissionais na elaboração de estratégias ou para controlar softwares e máquinas diretamente.

Mas, na prática, como essa tecnologia pode ser englobada em um evento corporativo, por exemplo? Continue a leitura e confira!

Como aplicar a Inteligência Artificial em eventos?

As pessoas não querem mais ser apenas ouvintes passivas em um evento, elas querem participar, serem ouvidas e influenciar o resultado.

Nesse sentido, os produtores estão cada vez mais focados no engajamento, ou seja, desejam criar formas variadas de promover a interação do público.

A Inteligência Artificial em eventos pode surgir de muitas formas, começando pela gestão.

Dados obtidos em blogs, redes sociais e aplicativos podem ser processados para definir tendências, pessoas da região que se interessam por sua marca podem ser contatadas em seus smartphones, assim como feiras, exposições interativas e outras modalidades de live marketing podem ser idealizadas a partir desses recursos.

No Brasil, inclusive, essa tecnologia já anda fazendo muito sucesso. Confira alguns exemplos a seguir.

Exposição Museum Me

A mostra Museum Me exibida no Centro Cultural do Banco do Brasil em São Paulo utilizou Inteligência Artificial para provocar a imersão dos visitantes em suas publicações nas redes sociais.

As pessoas eram conduzidas para uma sala fechada, na qual haviam três paredes espelhadas refletindo vários monitores que exibiam suas postagens no Instagram.

O objetivo era permitir que o visitante fizesse um mergulho nos momentos especiais da sua vida dentro e fora da internet.

Exposição Das Tripas do Coração

Por meio de uma parceria com a Microsoft, a artista Kátia Wille pôde criar obras interativas que ilustravam o corpo humano em funcionamento.

Sensores e dispositivos de Inteligência Artificial reconheciam a presença das pessoas e compreendiam seus padrões emocionais.

Em uma das obras, quando o visitante sorria, um grande coração se expandia, se ficasse sério, ele retraía. As peças foram exibidas no Museu da República no Rio de Janeiro.

Pinacoteca e Watson

Em 2017, o público da Pinacoteca de São Paulo aumentou 20% quando adotou o sistema de Inteligência Artificial da IBM, o Watson. Utilizando um dispositivo móvel, era possível fazer perguntas para algumas obras famosas do museu.

O Mestiço de Cândido Portinari, por exemplo, foi programado para responder que torcia para o Corinthians. O projeto ficou ativo de abril a dezembro daquele ano.

Quais as vantagens de adotar essa estratégia?

Existem vários benefícios que a Inteligência Artificial pode agregar aos seus eventos, sejam eles para consumidores ou inseridos em ações de endormarketing. Confira alguns deles a seguir.

Inovação

Ainda que muitas tecnologias já façam parte do nosso cotidiano, é inegável que exposições e eventos interativos que apostam em recursos inovadores como a Inteligência Artificial chamam a atenção do público e promovem experiências únicas.

Engajamento mobile

O engajamento do público em blogs e redes sociais contribui fortemente para o sucesso de qualquer atração, e por isso, as campanhas de marketing digital se tornaram imprescindíveis.

Mas muito além disso, aplicativos e sites para eventos podem funcionar como um meio de comunicação direta entre a audiência e o evento, aumentando as possibilidades de interação.

Dados realistas

O feedback do público é fundamental, mas, por vezes, ele não reflete exatamente a realidade quando entrevistamos pessoas ou disponibilizamos formulários.

Com recursos de Inteligência Artificial, porém, temos a oportunidade de analisar o comportamento e a interação das pessoas de perto, identificando seus gostos e preferências de uma forma extremamente rica e verdadeira.

Menor número de falhas

Com um alto volume de informações, as chances de decepcionar a audiência despencam, uma vez que as análises e estudos realizados, assim como as estratégias elaboradas se tornam muito mais precisas.

Redução de custos operacionais

Se há algo que a tecnologia realmente vem proporcionando aos profissionais é a possibilidade de fazer muito mais com menos.

Sistemas, campanhas e até atrações automatizadas dispensam esforços operacionais, reduzindo o investimento necessário para a viabilizar o evento.

Por fim, podemos dizer que se há uma boa razão para tais recursos fazerem tanto sucesso, é porque eles nos despertam para um verdadeiro mundo novo que já existe, mas mal damos conta de que chegou.

É por isso que o uso de tecnologias como a realidade aumentada, a realidade virtual e a Inteligência Artificial em eventos já é uma tendência constatada que conquista cada dia mais pessoas, profissionais e empresas de todo o país.

Gosta do nosso conteúdo? Então não perca mais nada. Para isso, assine nossa newsletter e receba todas as novidades do blog direto no seu e-mail!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-