Conheça 6 mulheres empreendedoras de sucesso para você se inspirar!

mulheres empreenderoras
7 minutos para ler

As mulheres empreendedoras vêm ocupando seus lugares no mercado há muito tempo. Ano após ano, elas desenvolvem novas ideias que proporcionaram verdadeiras transformações nos hábitos de consumo nas suas cidades, seus países e até no mundo inteiro.

Mas, se o sucesso não vem de graça para os homens, é ainda mais difícil para elas. As horas de trabalho, o pensamento estratégico e uma visão inovadora são ingredientes fundamentais para qualquer pessoa de negócios atingir seus mais ambiciosos objetivos. Mas ainda há outras barreiras que tornam a jornada do público feminino ainda mais complicada que a deles.

Esses desafios foram superados por todas as pessoas que vamos listar no post de hoje. Com o objetivo de inspirar você e as mulheres à sua volta a explorarem o seu potencial para que mais ideias sejam criadas a favor do público, criamos uma lista com 6 grandes mulheres empreendedoras que fizeram história. Continue a leitura para descobrir quais são elas!

Elas mudaram o mundo!

O mercado empreendedor nunca é o mesmo. Ele é movido a transformações constantes. A presença do público feminino em posições de poder e liderança é uma das mais relevantes mudanças que estamos tendo a sorte de acompanhar.

É claro que faz sentido haver mais mulheres empreendendo. Afinal de contas, mais de dois terços do mercado de consumo é destinado a elas. Só no abastecimento doméstico, por exemplo, 96% das decisões de compra são tomadas por elas.

Felizmente, há alguns setores que já estão sob o domínio desse público. Os mercados de moda, por exemplo, já contam com 64% de empreendedorismo feminino. No de saúde e beleza, esse número também é positivo: 57%.

Ainda há muita melhoria a ser feita no que diz respeito à ocupação delas no mercado empreendedor. Mas não é tarde para celebrar os avanços que já foram registrados até agora. E os nomes que serão citados a seguir foram essenciais para que possamos comemorar essas conquistas. Continue lendo e inspire-se!

Mulheres empreendedoras para inspirar você

Confira agora 6 mulheres empreendedoras que se tornaram referência nas áreas onde atuam.

1. Cristiana Arcangeli

A empresária responsável pelo lançamento da DNA Beauty’in já escreveu 3 livros, ocupa uma cadeira na Academia Brasileira de Marketing e também é diretora do CJE (Comitê de Jovens Empreendedores). Mas nada do que ela é hoje teria acontecido se não fosse por sua formação inicial: a de dentista.

Apesar de não atuar mais na área da odontologia, foi essa experiência que a fez perceber seu interesse por beleza e bem-estar. Assim, em 1986, Arcangeli deu o primeiro passo rumo ao empreendedorismo, lançando a linha de shampoos sem sal Phytoervas.

Dado o sucesso do produto, a empresária começou a perceber uma mudança nos hábitos de consumo feminino e desenvolveu a Beauty’in, especializada em aliméticos — que são alimentos com funções cosméticas.

2. Ana Paula Padrão

Conhecida por seu trabalho como jornalista e apresentadora, o que traz Ana Paula Padrão a essa lista é seu trabalho como mulher de negócios.

Com base em sua experiência em um mundo corporativo dominado por homens, a ex-âncora do Jornal da Globo criou, em 2014, a Escola de Você — uma plataforma de conteúdo que tem como objetivo ensinar, capacitar e empoderar mulheres para imprimir o máximo de seu potencial em ambientes organizacionais.

Graças à sua visibilidade como comunicadora, Padrão conseguiu fazer do seu negócio uma referência em estudos destinados ao público feminino. Seu trabalho vem se tornando mais relevante dia após dia, a ponto de contar com parcerias com grandes instituições de ensino e pesquisa, como a Universidade de Brasília, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e o Banco Interamericano de Desenvolvimento.

3. Luiza Helena Trajano

Quando essa grande empresária começou a trabalhar no Magazine Luiza, a marca estava longe de se tornar uma das maiores marcas do país.

Sua experiência com o varejo começou quando ela tinha apenas 12 anos. Na década de 1990, assumiu a liderança da loja dos tios, que era chamada de “A Cristaleira” na época. Não demorou muito para que outras unidades fossem compradas, dando início ao grande grupo que conhecemos hoje.

O trabalho de Luiza rendeu a ela o top 3 das empresárias mais poderosas do Brasil da Revista Forbes, além de sua fortuna que já passou de R$ 1 bilhão.

4. Anitta

Conhecida pelo seu trabalho como cantora, Anitta também é uma grande empresária. E seu maior trabalho como empreendedora foi o de promover sua própria música.

A carreira da artista teve início graças a uma parceria com a gravadora Furacão 2000. Mas não demorou muito para que ela decidisse tomar as rédeas da sua própria arte. Assim, ela conseguiu, de forma independente, tornar seu nome internacional em um mercado extremamente competitivo.

Assim, Anitta gerencia toda a sua equipe, proporcionando treinamentos, capacitações e gerando suas próprias ideias de ações de marketing para promover seu trabalho. Seu empreendedorismo se tornou tão relevante que ela já deu até palestra em Harvard sobre o assunto.

5. Bee Reis

Quando o assunto é beleza, as pessoas gordas sempre ficam de fora da discussão. Os padrões estéticos impostos pelo mercado foram a fagulha que a empresária Bee Reis precisava para alavancar seu negócio, que proporcionou um grande aumento na autoestima de mulheres acima do peso.

Percebendo que o mercado de roupa íntima dificilmente contemplava modelos acima do tamanho 46, Bee criou a marca F.A.T. — For All Types (para todos os tipos), em um trocadilho com o termo que significa “gordo” em inglês.

Assim, a empresária conseguiu conquistar um público que não se sentia incluso no mercado da moda, mas que precisa tanto de roupa íntima quanto qualquer outra pessoa de tamanhos menores.

6. Dilma Souza Campos

A CEO da Outra Praia é mais um exemplo de que é perfeitamente possível transformar uma carreira. Além disso, ela é a prova viva de que todo o potencial de uma mulher, principalmente se for negra, pode e deve ser maior que qualquer forma de preconceito e discriminação.

Dilma Souza Campos foi uma bailarina talentosa e apaixonada pela arte da dança. Graças a uma lesão no joelho, infelizmente, precisou abandonar sua carreira artística. Mas isso não a impediu de se tornar uma grande referência em uma outra área de expertise.

Em 2013, ela fundou a boutique de criatividade estratégica Outra Praia, que, hoje, é uma das mais promissoras e qualificadas marcas de live marketing do mercado. Desde sua fundação, Souza Campos já trabalhou com marcas como Globosat, Viacom e Sulamérica.

Não é inspirador conhecer as histórias dessas grandes mulheres empreendedoras? Cada uma delas foi listada neste post por quebrar padrões e desenvolver ideias transformadoras para seus públicos e seus mercados.

Inspire-se também com outros artigos do nosso blog. Conheça mais sobre brand awareness e transforme a percepção da sua marca.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-